Congresso internacional Repensar a imprensa no ecossistema digital

Congresso internacional

Repensar a imprensa no ecossistema digital

Braga, 3 a 5 de julho de 2019

Universidade Católica Portuguesa

Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais

 

Chamada de comunicações

 

Depois de se ter confrontado com a concorrência da rádio e da televisão, a imprensa escrita debate-se, desde o final do século XX, com os desafios do paradigma digital. Em virtude da eclosão de um novo ecossistema mediático, o modelo tradicional de produção, difusão e receção do jornalismo impresso experimenta atualmente uma complexa reconfiguração de contornos ainda imprecisos, do ponto de vista profissional, sociopolítico, cultural, económico, técnico, ético e jurídico. Por ocasião do centenário do jornal regional Diário do Minho, a Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais e o Centro de Estudos Filosófico-Humanísticos (UCP-Braga) convidam a comunidade académica e os profissionais do setor a (re)pensar, no âmbito de um congresso internacional, o papel da imprensa escrita neste ecossistema digital.

 

Os participantes podem apresentar comunicações em torno dos seguintes eixos temáticos:

 

1)  Teoria e cultura do jornalismo: transformações/continuidade, valores-notícia, etc.

2)  Convergência digital: multimédia, impresso/online, TV/Rádio/Imprensa, etc.

3)  Mudança do estatuto e das práticas profissionais: relação com as fontes, multitasking, precariedade, etc.

4) Questões éticas e jurídicas: direitos de autor, plágios, fake news, publicidade encapotada, etc.

5) Transformações do modelo económico: publicidade, gratuidade/assinaturas, concentração de media e pluralismo, recurso aos estágios, etc.

6) (Re)criação de conteúdos: informação, conhecimento, publicidade, serviços e divertimento;

7) Concorrência dos “infomediários”: fornecedores de acesso, motores de busca, plataformas de partilha online, redes sociais, etc.

8) Novas escritas: multimédia storytelling, 3D, reportagens imersivas, fotojornalismo, jornalismo transmedia, etc.

9) Novas parcerias: jornalismo de investigação colaborativo, etc. 

10) Imprensa especializada: regional e de proximidade, confessional, desportiva, económica, feminina, etc.

11) Públicos e audiências na era digital: receção, educação para os media, audimetria (click e views, prosumers, desintermediação, algoritmos e datification).

12) Outras linhas temáticas. 

 

Submissão de resumos

 

• Prorrogação do envio dos resumos até 15 de abril.

• A notificação de aceitação será comunicada até 23 de abril;

• As comunicações podem ser feitas em português, inglês ou espanhol;

• Os resumos, com indicação do título, palavras-chave, tema, objetivos, metodologia, resultados, conclusões e referências bibliográficas (entre 400 e 500 palavras) devem ser submetidos (em formato PDF) em https://easychair.org/conferences/?conf=rpde2019

• Formatação: Times New Roman, corpo 12, entrelinhado 1,5, justificado, sem reentrância de início de parágrafo, num único parágrafo;

• Não faça referência ao(s) autor(es), à afiliação ou a endereços no resumo;

• Não é permitido apresentar ou coapresentar mais de três artigos (um ou dois como primeiro autor e um ou dois como coautor);

• Todos os resumos serão apreciados por três revisores em regime de duplo-anonimato;

 

Informações

 

• As apresentações têm a duração de 25 minutos (20 mn para apresentação e 5 mn para perguntas).

• Está programada a publicação de um livro sobre jornalismo digital, reunindo textos selecionados de algumas das comunicações apresentadas.

• Mais informações sobre o congresso em http://braga.ucp.pt/rpde2019/

• Para contactar os organizadores: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.